As melhores dicas para a realização de um plantio com menor taxa de agrotóxicos tóxicos, mas igualmente eficientes

Ernesto Matalon
Ernesto Matalon
3 Min Read
Nature BioTek

Que os agrotóxicos são grandes inimigos da natureza, isso não é novidade. No entanto, assim como assimila Leonardo Walter, você sabia que existem alternativas para os mesmos? Se a sua resposta for não, este artigo é para você! Aqui, você aprenderá tanto como realizar plantios alternativos, como a utilizar produtos alternativos. Portanto, se esse é um tema de seu interesse, acompanhe a leitura.

  1. Plantio direto

Para Leonardo Walter, que é CEO e fundador da Nature BioTek – laboratório atuante no desenvolvimento e produção de produtos agrícolas atóxicos -, o plantio direto é uma das principais alternativas de plantio a fim de evitar a utilização de agrotóxicos. Sua realização consiste em semeadura e preparação da terra, o que é ótimo para contribuir, inclusive, com a riqueza de nutrientes do solo.

  1. Controle biológico

Além disso, por meio da alternativa de controle biológico, é possível inibir naturalmente pragas, predadores, parasitas e patógenos, já que trata-se de uma técnica que apresenta diversos avanços no cultivo de legumes, frutas e vegetais. Para o fundador da Nature BioTek, Leonardo Walter, isso é incrível. Você também não acha?

  1. MIP

Outra alternativa para evitar o uso de produtos tóxicos na agricultura é investir no MIP, que nada mais é que a sigla para Manejo Integrado de Pragas. Trata-se, segundo Leonardo Walter, de um conjunto de técnicas capazes de controlar doenças e praga de plantios de maneira não somente sustentável, como econômica,

No entanto, para Leonardo Walter, há maneiras ainda melhores de evitar a utilização de agrotóxicos agressivos ao meio ambiente. Essas, por sua vez, consistem na utilização de dois produtos inovadores produzidos pela Nature BioTek e que serão lançados ainda no ano de 2022. Tais produtos prometem ser os principais aliados dos produtores Brasil afora.

O primeiro deles, de acordo com Leonardo Walter, é para o segmento animal, que além de possuir uma fórmula 100% natural, é completamente atóxica. Esse, por sua vez, irá combater a praga cujo nome popular é cascudinho e científico Alphitobius Diaperinus, o qual ataca os aviários de frangos.

O segundo produto será desenvolvido para o segmento vegetal, tratando-se, então, de um fertilizante para frutas e grãos. Para Leonardo Walter, além de estimular o crescimento saudável desses tipos de alimentos, também serão devidamente testados, para que a promessa de produtos agrícolas inofensivos à natureza e saúde humana seja cumprida. Incrível e necessário, não é mesmo?

Share This Article
Leave a comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *