Casal é preso por fraudar chaves Pix de doações a vítimas das enchentes do RS

Ernesto Matalon
Ernesto Matalon
2 Min Read

Segundo investigações, casal abria contas bancárias com documentos falsos e criava chaves Pix similares às usadas por influenciadores em campanhas de doações

Uma mulher e um homem, ambos de 50 anos, foram presos em Fortaleza (CE) nesta quinta-feira (13) suspeitos de fraudarem diversas chaves Pix em campanhas de arrecadação de doações as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul.

Segundo as investigações, o casal abria contas bancárias com documentos falsos e criava chaves Pix similares às usadas por influenciadores em campanhas de doações, alterando apenas um dígito da chave verdadeira.

Dessa forma, quando as pessoas que estavam doando erravam algum dígito, o saldo iria para a conta deles.

A suspeita começou após os influenciadores que divulgavam a campanha verdadeira terem recebido mensagens de seguidores afirmando que, ao fazer o Pix, o destinatário tinha um nome diferente do divulgado na campanha

Após as diversas denúncias, a força tarefa do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) começou as investigações por meio de ferramentas tecnológicas de investigação, identificação e responsabilização dos suspeitos.

Dessa forma, foi descoberto que o casal de Fortaleza tinha sido responsável por criar cerca de 235 chaves Pix distintas. Apenas no mês de maio, eles criaram mais de uma chave por dia.

Foram cumpridos dois mandados de prisão preventiva. O casal foi preso em flagrante por falsificação de documento, visto que, durante as buscas, foram encontrados documentos falsos utilizados para a abertura das contas bancárias utilizados para a prática dos estelionatários virtuais.

Share This Article
Leave a comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *